Tag: saudável

Nem tudo é o que parece

A tendência por uma alimentação saudável trouxe consigo desafios para quem busca se alimentar com foco no bem-estar animal, sustentabilidade e saúde. Fato é que a indústria sempre dá jeito de produzir alimentos que não são exatamente o que prometem.

O uso excessivo de aditivos, corantes e flavorizantes para fazer alimentos vegetais parecerem aos tradicionais é um problema que coloca nossa saúde em risco. Por isso, é preciso pensar a dieta com a orientação de um médico e/ou nutricionista, e também porque com esse apoio evitam-se carências nutricionais importantes.

Excesso de sódio, farinhas refinadas, gorduras maléficas, açúcares livres… a lista é infindável quando falamos de ingredientes dos ultraprocessados. A verdade é que ser vegetal não significa ser saudável, por isso é preciso atenção aos rótulos. Nem tudo é o que parece.

Para uma alimentação efetivamente saudável, portanto, vegetal ou não, precisamos atentar aos ingredientes dos alimentos que ingerimos. Menos é sempre mais, e lembre-se, não basta retirar os insumos de origem animal e aumentar outros elementos, é necessário entender que alimentos precisamos ingerir, sejam grãos, sejam outros cereais: é preciso planejar a dieta.

[Foto: João Ricardo para Fröhlich]

Projeto vida é o novo preto

Saco vazio não para em pé, já diziam todas as mães e avós. A verdade é que necessitamos de energia para tudo na vida, para todas as nossas atividades diárias, inclusive para dormir. A energia vem da alimentação, e quanto mais qualificada for nossa ingestão de alimentos, maior será nossa disposição para o dia-a-dia.

Importante é considerar, entretanto, que essa ingesta é proporcional ao nosso ganho de peso, se formos preguiçosos nas atividades que gastam essa energia que colocamos para dentro de nossos corpos. É matemático: o que você come vira força para tudo o que você vai fazer que exija esforço. E isso quer dizer também fazer exercícios – que são tão necessários ao equilíbrio do corpo quanto escovar os dentes e tomar banho.

Na hora de escolher o lanchinho pré-treino (ou pós, também), temos que pensar em nossos objetivos: quero apenas fazer a compensação da energia que vou despender no exercício, quero emagrecer, quero construir massa magra? Tudo faz diferença.

Aqui na Hy temos opções para todos, e isso não é propaganda, é fato: nossas trufas são pouco calóricas, têm uma quantidade limitada de açúcares e são plenas de gorduras boas, uma boa opção de energia ANTES do treino. Já nossos fudges, mais calóricos, porém, superproteicos, são uma boa pedida para o DEPOIS do treino, quando estamos dando força para a construção de massa muscular.

A proteína é a substância mais encontrada em nosso corpo depois da água – a hidratação antes, durante e após os exercícios também é fundamental. Ela está na formação dos tecidos e participa de diversas funções vitais e hormonais. Concentra-se nos músculos, ajuda a compô-los e recompô-los após o treino, por isso sua reposição é indispensável.

O Dr. Alex Cioffi, endocrinologista Mestre em Endocrinologia Adrenal, comenta que “é importante ter também proteínas, junto com carbo”, antes de treinar. Já no pós-treino, “o mais importante é ter sempre a proteína”, salienta Cioffi, e explica: “ter ou não carbo/gordura depende do objetivo da pessoa. Se for para definir, não deve ter carbo/gordura. Se for para hipertrofiar, deve ter carbo junto”, sim. Ou seja, é sempre importante ter um acompanhamento médico e/ou de nutricionista para definir os parâmetros corretos da sua alimentação.

A personal trainer e formanda em Nutrição Carol Martins, concorda: “todas as refeições devem ter proteína, carboidrato já depende da dieta de cada um”. Carol explica que “para antes do treino, o carboidrato dá energia, e a proteína é também é muito importante”, mas complementa: “no pós-treino a proteína já é essencial, para recuperação muscular”. E finaliza: “como a maior dificuldade das pessoas, quando estão buscando uma alimentação saudável, é encontrar opções com proteína e carboidrato, lanchinhos com esses dois nutrientes são bem-vindos”.

Não deixe para o próximo ano o “projeto verão” que foca em emagrecer e ficar bonitinhx para a praia. “Projeto vida” é o novo preto: hábitos saudáveis o ano todo, alimentação de qualidade, exercício físico e muito sol e lazer.

Dicas para um Carnaval mais leve

O carnaval tá aí e as dicas que elaborei para você cair na folia sem enfiar o pé na jaca. Ou para saber como sair dela depois…

👉Use e abuse da água. A ideia é sempre que pensar em tomar uma birita, tomar um copo d´água. Assim você aproveita a festa deixando o corpo hidratado. E não exagere! Álcool em excesso sempre dá ruim! 😉

👉Mantenha-se alimentado. Se estiver sem fome, aposte em lanches frios, sanduichinhos, vitaminas, saladinhas. O tomate é um baita ingrediente para esses dias de folia – e contém bastante água.

👉Se você cair na folia e enfiar o pé na jaca, que tal diminuir o ritmo nos dias seguintes para um detox? Evite vegetais verde-escuros, que podem causar gases e azia, e hidrate-se, passe uns dias sem cometer excessos, sem frituras, sem álcool, e tente comer mais vegetais.

👉Aproveite para controlar alimentos ultraindustrializados, farinhas brancas e grãos refinados, proteína animal e alimentos com agrotóxicos, que podem ser prejudiciais em época de excessos. Você pode, também, abusar do repolho, excelente fonte de vitamina C, fibras e minerais como cálcio e fósforo, tudo que você precisa para desintoxicar o organismo após o festerê.

👉E lembre-se: tome muita, mas muita água mesmo. Sucos verdes, chás e chimarrão também são opções lindas.

⚠O mais importante, neste Carnaval, é, como diria Sandra de Sá… ⚠

🎶[…] vou jogar fora no lixo, vou jogar fora no lixo, jogar fora no li-ih-ih-ih-xo!… joga, joga, joga, joga joga, joga, joga fora! […] 🎶

[Foto: Lenara Petenuzzo]

Tenha uma ceia de Ano Novo saudável

Preparando a ceia? Então siga as dicas que selecionei para tornar sua noite mais saudável. 🌱👇

✅Planeje uma ceia leve e nutritiva.
Além de optar por ingredientes orgânicos e integrais, lembre-se de que o que importa para a sua alimentação é a qualidade dos ingredientes, não a quantidade. Pode comer tudo, mas que tal substituir a maionese por iogurte ou requeijão? Fica uma delícia!

✅Mantenha-se bem alimentado e hidratado durante o dia.
Não deixe o estômago vazio para “aproveitar” melhor a ceia e poder comer demais. O ideal é chegar alimentado às festas. Outra dica é: quanto mais simples a ceia, mais fácil sua digestão.

✅Sirva-se de pequenas porções.
Para poder aproveitar tudo o que está servido, pegue pequenos pedaços, prove tudo e lembre-se que o motivo da comemoração é estar junto das pessoas que ama, e não comer.

✅Não exagere nas bebidas alcoolicas.
Um brinde é suficiente para comemorar. O álcool desidrata e dificulta a digestão, e pode estragar sua festa ou o dia seguinte. Parcimônia também nos refrigerantes: opte por sucos naturais ou chás gelados.

✅Invista nos grãos.
Lentilha, grão de bico, quinoa são ótimas opções para uma salada diferente que, além de estimular a sensação de saciedade, ainda traz um aporte nutricional à refeição.

✅Use e abuse de frutas na mesa.
Uma ceia farta não é sinônimo de gordura e exagero de doces. Sirva frutas secas, oleaginosas e elabore sobremesas com frutas, mesmo que contenham uma pequena proporção de açúcar.

✅Aprenda a dizer não.
Você não está na última oportunidade da vida para comer peru, porco assado, salada de maionese, arroz colorido, ou mesmo para beber espumante. Esses alimentos e bebidas sempre estarão disponíveis.

✅Se mesmo assim você exagerar, procure descansar no dia seguinte, beba bastante água e, se possível, faça exercícios físicos. O Ano Novo é sinônimo de recomeço. Aproveite as metas para 2020 e comece a se alimentar de maneira mais saudável.

[Foto: Lenara Petenuzzo]

Categories: Blog Tags:, ,